[Análise] “Quincas Borba” – Machado de Assis

A Débora, professora de Literatura do Genesis analisa a obra “Quincas Borba”, de Machado de Assis.

O livro trata da vida de Rubião, amigo e enfermeiro particular do filósofo Quincas Borba – personagem descrito em obra anterior de Machado, Memórias póstumas de Brás Cubas -, de quem herda toda a fortuna. Ao trocar a vida provinciana pelo bulício da corte, Rubião leva consigo o cão, também chamado de Quincas Borba, que pertencera ao filósofo e do qual deveria cuidar a fim de preservar o direito à herança. No trem que o conduz ao Rio de Janeiro, Rubião conhece o casal Sofia e Cristiano Palha, que logo percebem que o companheiro de viagem é um novo-rico ingênuo e ludibriável. Seduzido pela amabilidade do casal e, sobretudo, pela beleza de Sofia, Rubião passa a frequentar a casa deles, confiando cegamente nos novos amigos.